Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

NÃO QUERIA PERDER A VIRGINDADE FOI ENRABADA

Aconteceu quando estava namorando com uma mina, na família dela sá tinha mulheres, na verdade um arem pra vocês terem uma base quando íamos ao clube, a proporção de mulher pra mim era de cinco pra um. Certo dia descobri que a prima mais nova dela estava tendo problemas com o namoradinho dela. O caso era ele queria que ela perdesse a virgindade com ele. Mas ela na flor dos seus 19 anos ela não queria. Sem perceber comecei a pegar mais amizade com ela e certo dia encontrei com ela na rua sozinho, e ela começou a me falar os seus prantos e me disse que era muito inexperiente, ahh, ai minhas bichas aguçaram e disse pra ela:

Que eu poderia ajudar, mas sá se ela não contasse a sua prima, ela parou pensou e me perguntou como poderia te ajudar, daí então falei pra ela que ensinaria pra ela tudo que o namorado dela gosta que ela pudesse fazer sem perder a virgindade, mas se ela não quisesse tudo bem . Ela parou pensou e disse que depois me daria à resposta. Já estava dando como caso perdido até que um dia na casa dela ela me chamou no canto e disse se ainda estava de pé, pois as coisas entre ela e o namorado estavam ficando feias e ela gostava muito dele e queria fazer ele feliz. Então marquei com ela no dia seguinte em uma praça aqui do centro, chegando lá levei ela a um lugar seguro onde ninguém nos visse juntos, que no qual era um motel que se passava por pensão aqui na nossa cidade, ela ficou apavorada mais foi se acalmando e já no quarto comecei a falar pra ela que era pra ela ficar bem a vontade que ela não iria fazer nada que não gostasse, ela disse tudo bem e cara expliquei que os namoradinho adoram uma boa chupeta em com isso ela poderia ir enrolando um bom tempo, ela já de cara disse isso nunca, rsrs, pensei comigo essa vai ser dureza, mas que nada. Devagar a convenci a bate uma então sem colocar a boca e ela topou. Até que ela gostou, e pela seu rosto ficou feliz, e disse que imaginava de outro jeito. Então disse pra ela ir testar com seu namorado depois ela me falava. No dia seguinte ela me ligou e disse o que tinha acontecido que ele tinha adorado e precisava dar continuidade à aula pratica. Já eu pensei agora pego ela de jeito.

Então chegando o dia esperado, chegamos ao quarto disse o seguinte pra ela, para ela ficar mais a vontade poderia tirar a roupa de cima e ficar com as roupas intimas, para ficarmos mais a vontade, e ela como já estava confiando em mim logo aceitou, a mina era escultural e sá de saber que era cabaço de tudo, ai ela ficava uma princesa mesmo sá de calcinha e sutiã. Deitamos na cama e novamente a deixei me punhetar e logo falei pra ela que era legal ela deixasse ele chupar o peitos dela, que não pegava nada e ela também aceitou, logo percebi que ela estava molhadinha naquele semi amasso e falei pra ela pra tirar a calcinha que ficaria mais a vontade ainda ela se negou e disse que se continuasse desse jeito quem ia acabar tirando o cabaço dela seria eu que ela já estava a ponto de bala. Então sugeri que tinha outra forma de penetração que não fosse na vagina, de cara ela recusou e disse que a amiga tinha falado que doía muito, com muito custo convenci à maldita e disse que se doesse eu tiraria na hora e o namorado dela ia adorar e por fim ela aceitou. Eu estava com tanto tensão que peguei um creme que estava do lado coloquei ela de quatro baixei sua calcinha, lambuzei o penis e fui tentando introduzir ela sá reclamava, mas ai quando a cabeça começou a entra ela começou a chorar e disse pra tirar, ahhhh filho pus tudo de uma vez, ela se deitou e eu por cima comecei um vai e vem até que um tempo depois ela parou de chorar e começou a gostar, lentamente vou massageando na frente e socando atrás até eu gozar, já a mina gozou legal e ficou desmaiada ou descansando por quase uma hora sá me lembro que ela juntou suas roupas e saiu de lá sem falar comigo e até hoje não fala, mas que a maldita aprendeu bem isso eu sei por que ela virou uma pervas daquelas que já ouvi fala. Bem pessoal esse é meu primeiro conto espero eu gostem.

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


contos meu primeiro crossdressingincesto contos da cunhadinhacontos eroticos troca casais com gravidezcontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crenteContos com cu de idosassconto erotico minha esposa ficou bebqda e resolveu me dar cuzinho pela primeira vezcontos eróticos com mulher deficientefoi buscar a cunhada para a festa e meteu gostoso nelaxxvideos porno ci ru filo etupa a mae no crato bazilelocontos gay cuzinho frouxocontos eroticos com fotos de mulheres casadas que foi violentada por bem dotadoscontos.erostico.comendo.minha.cunhada.beba.esposa.dela.estava.viajandodona Florinda abrindo pernas mostrando calcinha porncontos porno 28cmcasada recebe proposta indecente contosmeu marido comeuminhaprima contoseroticoscontos eróticosgaysmeu primo de menorcontos iniciado no banheiro do trabalhocunhada casada de saia e calcinha branca contosmae short filho conto incestoeróticos ah ah aaaah chupa a minha bucetinha vai ah deliciaconto erótico chupada do nada escondida mel sugar babarcontos eroticos travesti sendo estrupadacontos eroticos meu amigo e minha mãeContos eroticos sobre irma fazendo faxinacontos gay brincadeira de luta comi meu irmãozinhocontos eroticos minha sogra de calcinha rendamuita pica e plug no rabinho contoseróticoscontos eroticos meu professor me deu uns amassos e colocou pra mim chupar seu pau em sala de aulacontoseroticos minha tia era puta e eu nao sabiaContos eroticos carro lotadovidio porno um loko da cabeça cumeu a força uma gostosa na cademiacóntos eroticos eu e minha irmã chupa pau de traficantecontos mulher seduzido homemcontos eroticos formatura da secretariaConto erotico meu pai me cobiçandoo marido da patroa contocontos adoro um pau gostoso e tesudo de travesticontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crentecontos de safadas que trabalham em frigorificocontos eroticos comendo a velha horrosa dormindocontos esposa dando pro pedreiro na reforma de casa sem o marido safada reaiscontos minha cunhadinha da bucetinha bem pequenacontos erotico casal e amiga uolcontos eróticos ninfeta bem novinha com 10 aninhosfilmeporno pequei minha entiada dormindo de calcinhasexo porno meninas branca fundedo com mendigostroca casais no acampamentos contos eróticocontos eroticos calcinhas usadas da mulher do amigocontos eróticos chantagiei estrupei minha irmazinhaas perversas greludas masoquistasnovinha abocalhando um pauzoofilia homens com super vergas enormes fodendo mulhetesEstuprada pelos cachorros contos eroticosMeu nome é Suellen e essa aventura foi uma delícia.rnSempre nos demos bem, erámos vizinhos e amigos. Eu tinha 18 anos, ele 16. Nossas casas são práximas, tanto que a janela do quarto dele dava pra janela do meu quarto. Eu sempre gostei de provocá-lo,criei uma puta contos eroticos de homens cdzinhasfotos ď peitudá de baby doll fudeñdo com o irmãoconto erotico de coroacontos erótico filho ajuda mãeencoxador no tremcomo chupar o pau do meu marido e fazer ele gozar lejeiro e gemer mais que tudopornobuceta.com/homens so quer saber de mamar em peitoes das safadascontoseroticosdeflorandocontos pornô casal fudendo com a empregadinhahomens delirando de tesão com um pau enterrado no raboconto erotico lesbico chupa meu grelinho ai vou gozar isso não para ai ai ai to gozandocoroas enxutas se masturbando com tocas na cabeçanovinha e safadinha conto eroticosexo contos mendiga estupromenino bateno puheta pos amigo no riosinhoContos eroticos forcado