Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

MINHA AMIGA DE TRABALHO

Ola faz tempo q não escrevo contos, deve estar ate meio enferrujado, mais essa não podia deixar passar, foi bom de mais e não vejo a hora de repetir. Então vamos lá.

Há uns dois anos atrás, prestei serviço em uma empresa por quase um ano, lá conheci Patrícia, uma menina linda com seus 20 e poucos anos, corpo lindo meio magrinha e uma bunda perfeita, redonda e inpinadinha, não demorou muito para eu ficar maluco com ela andando para lá e para cá na sala, mais ele não dava moral nenhuma, com o passar dos dias fui pegando mais intimidade com ela e descobri q érea noiva ia casar e era cegamente apaixonada pelo noivo, que tinha sido o único homem de sua vida, isso me deixou ainda com mais vontade, como poderia uma ninfeta como aquela se casar tendo ido para cama com apenas um homem. Tentei me aproximar mais ela não deu brecha. Fiquei com aquilo na cabeça e cada vez mais querendo provar aquele corpo maravilhoso, com o passar dos dias foi pegando mais intimidades e liberdade, e às vezes a ouviaela ligar para marcar depilação, eu não guentava, ia ao banheiro e me acabava, imaginava pegando ela na minha mesa, no refeitário, no banheiro, não consegui me controlar, tinha momentos em q eu tinha que explicar algo para ela e chamava-aela na minha mesa, ele ficava atrás de mim, bem perto do meu ombro, e eu mexendo no mouse encosta o cotovelo em sua bucetinha, como era quente, ficava imaginando aquela linda bucetinha toda lizinha e ela não me dava uma oportunidade, ate q ela se casou e se afastou da empresa por um tempo, nesse tempo eu acabei o trabalho lá e fui embora, achando q nunca mais teria a oportunidade de ter aquela delicia nos meus braços

Um belo dia, dia estava em outra empresa e apareceu o contato do MSN da Patrícia me chamando, na hora achei q seria algum outro funcionário da empresa precisando de algum auxilio e para minha surpresa era a Paty. Começamos a conversar, perguntei a ela como estava ávida de casada e ela disse q não tinha dado muito certo q e estava solteira de novo, não hora voltou todo aquele desejo, mais não podia assusta La, e Tb não poderia perder essa oportunidade, falei q estava com saudade que gostaria de ver como ela estava, se algum dia poderíamos sair para beber alguma coisa e nos conhecer melhor. Ela disse q tinha se separado a pouco tempo e que não estava preparada ainda para essas coisa e que eu era casado e ela tinha medo.

Papo vem papo ela foi se soltando, e começamos a falar sacanaguens pelo MSN, ela me eu dizia tudo que queria fazer com com ela, contei minhas fantasias, o quanto a desejava, e ela ainda insegura, ate o dia que marcamos de nos encontrar, combinamos de nos ver no estacionamento de um shopping aqui de nossa cidade. No dia do nosso encontro estava ansioso e ela demorando, liguei para ela e ela disse q já estava vindo demorou e meu tempo acabando e finalmente ela chegou. Ela estava inda mais linda, pois estava mais encorpada, um belo par de coxas com uma causa preta, colada, que deixava sua bunda ainda maior e mais redondinha, mau pau subiu na hora que vi ela, i imaginar que poderia ter ela cômico era de mais, ela mau entro já fomos para o estacionamento, entramos no meu carro q estava estacionado no lugar mais afastado possível.

Entramos no carro mau falamos oi e já fui beijando ela, que boca gotosa quente e macia, uma delicia, queria muito bater um papo mais não conseguia para de beijar, minha Mao correndo em seu corpo, apertando tudo onde podia, e ela maio receosa, ate levantei um pouco a blusinha dela e beijei sua barriga, que corpo quente, gostoso tudo durinho, fui desabotoando a blusa e ela pediu para parar, q ali não era lugar, e nem hora, não seria no primeiro encontro que faríamos tudo. Meio frustrado, respeitei pois não queria ter ela sá por uma vez, queria ter ela sempre q possível, continuamos nos beijando ate que coloquei a mao em suas coxas e passei para a buceta, como estava quente, meu pau já estava doendo peguei a mao dela e tentei levar para o meu pau, ela relutou e pediu mais uma vez para ir de vagar, respeitei e nesse dia ficamos somente nisso.

Voltamos a nos falar no MSN e nos encontramos mais uma vez, sempre corrido, sem tempo para muita coisa e ela ainda insegura, pedi para ela arrumar um tempo para podermos nos curtir mais, e ela disse q iria pensar. Passou mais um tempo e eu achando q não rolaria mais, que ficaria mais uma vez sá na vontade, parei de insistir e ela tb não dava mais sinal de interesse, mais ainda continuamos com uma boa amizade. Ate que um dia ela me chamou no MSN e disse q estava sentindo falta de nossas conversas quentes e safadas, e que queria me encontrar com mais tempo para matar a saudade,, era o que eu mais queria ouvir, arrumamos um dia que desse para nos vermos na parte da tarde, nos encontramos e fomo direto para o um motel na saída da cidade. Chegando lá ela foi tomar um banho e eu prepara o nosso encontro tão espera, enquanto escutava o chuveiro, fui arrumando a cama, as bebidas, e louco para ir lá ver ela, tirei minha roupa, e fui para o banheiro, ela estava de costa para porta, fiquei parado olhando admirando aquela delicia, me aproximei bem de vagar, encostei por traz dela, dei um beijo em sua nuca, ela tremeu inteira, continuei beijando sua costa e passando a mao pela sua barriga e peitos, fui descendo beijando ate chegar na bunda, onde dei mais atenção, pois é linda de mais, fiquei ali beijando e mordendo de levinho enquanto massageava deu grelinho, e ela ficando meladinha. Empurrei um pouco ela para traz e ela empinou a bunda, cai de boca na sua buceta, ela escorada na parede do banheiro gemia bem gostoso, e eu ali embaixo provando do meuzinho que descia de sua buceta, fiquei ali chupando um certo tempo, tinha momentos q minha língua percorria seu reguinho e ela se contraia toda.

Eu estava sentado no chamo chupando ela ate que ela gosou, chupei com mais força prolongando aquele momento de prazer, ainda sentado peguei ela pela cintura e ela veio agachando e colocou meu pau na entradinha de sua buceta e foi descendo bem de vagar, dava para sentir aquela bucetinha se abrindo enquanto minha rola ia entrando, nosso como ela estava quente e gotosa, quando entrou tudo ela parou e nos beijamos bem gostoso, o gosto do seu goso ainda estava na minha boca, nás nos beijando abraçados e ela começou o movimento de vai e vem bem de vagar e foi aumentando a velocidade, e ficando cada vez com mais tezao, mordia meu pescoço, falava besteiras no meu ouvido e eu segurando a bunda dela aumentava mais ainda o vai e vem, ela com os pés entrelaçados nas minhas costas, me levantei e encostei ela na parede e comecei a socar com força fazendo ela gemer ainda mais alto, ficamos assim maus um pouco e gosamos juntos, bem gotoso, ficamos desse jeito um pouco parado, nos recuperando.

Terminamos o banho e fomos para a cama, deitamos e ficamos namorando um pouco e tocando caricias, começamos um 69 bem molhado e quente, ficamos nos chupando em silêncio, um curtindo o outro, curtindo o momento,ficamos uns minutos assim e ela resolver cavalgar um pouco, de gostas para mim sentou encima de meu pau de uma vez, e entro bem gostozo, ela cavalgando disse q aquela é uma deas posições e mais gosta, que mais tem prazer e cavalgando com força, sua bunda estralava quando batia no meu corpo, senti e ela ia gosar, eu segurando sua bunda ditava o controlava os movimentos, então pedi para ele ficar 4 e ela protamente atendeu, se ajoelhou na beira da cama empinando a bunda e colocando a cabeça no colchão e eu bombando e ela gemendo e a velocidade aumentando e ela gozou de novo, e cai na cama de bruço, e eu ali olhando aquela bunda linda pedi para ela deixar eu por na sua bundinha, ela disse q nunca tinha feito e que tinha medo, então para não cortar o clima naquele momento virei ela de frete coloquei seue pés no meu ombro e meti denovo ate gosarmos mais uma vez e cairmos exaustos na cama, ficamos um pouco ali conversando e depois fomos para banheira, e eu tentando fazer a cabeça dela para tentarmos a na bundinha.

Mais se eu consegui sá conto no práximo srsrsr

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


contos eróticos minha tia de baby dolleu quero ver mulher ficando engatada fique transando com poodle cachorro poodlecontos/eu e minha mulher fomos assaltados e enrabadospeito bicodu sexDiario de uma escrava contos eroticosContos de esposa gostosa acompanhado marido numa festaChupando o peito da priminha gostosa:*video porno chegou no quarto e comeu a teia com os olhos vendadacontos eróticos sexo com menininhas traduzidosempregada deu a bucetinha ao patrao sobre chantagemcontos eroticos de Maezinha bobinha do amigis transando com jovezinhoa tanguinha da vizinha.conto eroticoconto erotico sogro ahh uhh mete meteo que sua esposa achou do menage femininoContos gay pau com paudespedida de solteira com noiva pegando no pau dos stripsflaguei minha esposa varias veses se masturbanocontos eróticos menina no circonovos relatos eróticos com fotos de corno minha esposa andando na rua toda gozadaconto "fio dental" mãe filhocontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crenteconto casadaconto.erodico.neu.marido.mim.em.sinou.a.ser.safada.na.canpdf contos comi amiga da minha sobrinhazinhacontos dp betinha vendo irma fodendoconto senhora safadaContos erotico de travesti do pau grande estupradoCasada narra conto dando o cucontos eroticos presenciei um novinho tirando a calcinha da minha esposa na festaminha primeira traiçãover mulheres maduras fazendo orgia no baile de Carnaval passando a língua no pau no saco do homemContos fudendo a bucetinha apertadacontos eroticos mae e filhobucetas gostosas e grandes e bonita cm tela bem ajustadacontos de professor e alunaSebastião, o vaqueiro que gostava de cavalgar 2contos eroticos fudendo a amiga da minha mae crentecontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crenteconto erotico toma piroxa cachorracontos meu marido ajudou amigo dele me comersogra muito linda na praia contosporno gay pai apostou cu para o vizinhoconto erotico barzinho depois servicomeu viadinho querido gostoso novinho doze anos contos eroticosnovinhas na seca se alivio se masturbandofui pasear de bike dei o cu conto gaycontos minha mae deu pra travesticontos eroticos traindo marido na SalaMinha madrinha ela mora sozinha com sua filha eu vou sempre na casa da minha madrinha fuder ela eu fui na sua casa ela tava sozinha eu fui com ela pro seu quarto eu tava fundendo ela sua filha chegou sem fazer barulho ela entrou no quarto ela viu eu fundendo minha madrinha ela disse pra minha madrinha que ela queria perder sua virgindade da sua buceta minha madrinha disse pra ela tirar sua roupa pra ela deitar na cama eu chupei sua buceta virgem raspadinha minha madrinha disse pra ela chupar meu pau ela chupou meu pau minha madrinha disse pra ela abri bem suas pernas minha madrinha disse pra eu meter meu pau bem devagar na buceta virgem dela conto eroticocontos eroticos arrombando a gordacontos de tias viúvacontos comendo a bucetinha da titiacomi e ela nao aguentouporno gay chatagiei o primo com o celularDei a bucha pro meu sobrinho virgemcontos safadezas com a tia casada inrrustidacontos virgem encoxada no buscontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crentecontos eroticos arrombando a gordaComtos eroticos amiga curiosacontos eroticos na paredetem homem on line dar telefne pra foda com mulher casada chupa seu pau deixa chup bucetaconto de casada fudendo com outrosentei no colo do meu colega no onivus e ele ficou muito excitado contos de mulhercontos eroticos de travesti comendo seu namoradohistorias pra gozar minha menina de 19 aninhos e delirarporm mamamramContos eróticos eu e meu bemzinhoEstuprada pelos cachorros contos eroticoscontos eróticos sobre tia bucetuda é grávidaContos enfiei o dedo no cu do meu marido ma frente do meu amanteapostei minha esposa veridicoporno doido zoofilia de cachorro lambendo a xota de suas donas no pirno doidoamiga da avo conto eroticoContos fuderam minha boquinhahumilhada e fodida conto