Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

A CUNHADA DOS SONHOS (FINAL)

Ola quem leu meu conto sobre minha cunhada, vai ter o desfecho apartir daquele dia na praia tivemos boas trepadas e gozadas, as vezes que aconteceu com mais planejamento e calma.

Apás o ocorrido na praia o restante do feriado pra mim foi de apreensão, medo e tbem tesão, pois não sabia o que poderia acontecer, mas não aconteceu nada, simplesmente, é como nada tivesse acontecido.Apás três meses onde mal se falavamos, mas quando nos viamos o olhar revelava que queriamos mais, mas sempre sem dar bandeira, meu cunhado acabou ficando desempregado e passamos a judar dentro daquilo que podiamos e minha esposa, conversando comigo sugeriu que a Priscila viesse ajudar em casa, até que as coisas se arumasse na casa deles, não me importei e até disse que seria bom, pois eles estavam precisando.Então minha cunhada passou a vir trabalhar em casa nos afazeres diario, minha esposa, saia pro trabalho dela, eu pro meu, meus filhos pra escola e assim ela ficava sozinha em casa durante todo o dia.Pás uns dias comecei a planejar como voltar pra casa pois teria toda parte da manha pra ficar com ela, dei um jeito e um dia entro em casa onde sá estava a Priscila, foi um mixto de medo e tesão por parte dos dois, ela assustada foi logo dizendo o que eu fazia ali, e que eu tava doido de novo, ai falei com tranquilidade que queria continuar algo que foi muito rapido mas tinha me marcado muito e que continuava a bater punheta pensando nela, sá que agora pensando como foi quente e deliciosa aquela buceta, o clima já tava formado e o tesão tbem. Não houve recusa por parte dela, me aproximei e beijei ela de forma delicada e molhado, lenvantei sua blusa e pode ver pela primeira vez aqueles peitinhos duros e pequenos daquela negra linda, chupei como um bebê faminto ao ponto dela pedir calma, que peitos maravilhosos, que delicia, ao mesmo tempo desci minha mão e acariciei sua buceta por cima da calça de agasalho que ela usava, sentia meu corpo todo tremer, tirei minha camiseta, abaxei as calcas e tirei a dela, caminhei pro sofá onde a deitei e tive uma visão privilegiada de sua buceta, tirei sua calcinha e fui beijando sua barriga até chegar na sua buceta, que mamei, mordisquei, acariciei e fiz tudo que queria matando meu desejo de sentir seu gozo na minha boca e o cheiro daquela buceta deliciosa, pedi pra ela chupar meu pau, não aguentando mas, juro ela não deu dez lambida e gozei na sua boca, mas que depressa ela cuspiu e fez cara de nojo, tentei levantar a moral e dizer que ela disperdiçou uma porção de necta dos deuses, que ela ainda beberia meu leitinho uma outra vez.Apás isso me recompus e nos amassamos e minha pica volta a ficar dura, onde, beijo e acaricio todo seu corpo, apos alguns minutos ela pede pra eu meter nela bem gostoso, que ela queria sentir minha pica em sua buceta e que era queria gozar de verdade, mas que depressa atendi, enfiando numa sá tacada minha pica, não é grande tamanho normal, 1516 cm, e ela foi ao delirio, não sei por causa da minha pica ou porque o que faziamos era perigoso e atraente ao mesmo tempo, bombei rapido até ela gozar e como gozou, continuei dentro bombando com mas força, pois meu gozo logo chegaria novamente, onde apás umas estocadas, ela geme no meu ouvido me fode meu macho que vou gozar de novo, ao ouvir isso, gozamos juntos, e ela me abraça forte, onde eu quase desmaiei de tanto tesão e pela gozada. ficamos alguns minutos parado, levantei, fui ao banheiro, me lavei visti minha roupa, disse que tinha que ir, pois logo meus filhos chegaria da escola, mas que ela tinha me proporcionado um dos maiores tesão e gozada que tive em minha vida. Dei um belo beijo em sua boca ao qual fui correspondido, e disse que esperava ainda encontrar e foder ela muito mas vezes e que ela me daria aquele cuzinho, pois queria demas foder aquela bundinha um dia, onde ela disse sá depende de você, pois darei com prazer, fui embora e posso dizer que já fodi minha cunhada algumas vezes, e todas elas fui ao extremo no gozo, minha cunha e deliciosa, tem uma buceta maravilhosa, uns peitinhos incriveis, e o cuzinho, nem se fala ´so de pensar quase gozo aqui mesmo escrevendo pra vcs. este foi o que aconteceu comigo depois daquele dia na praia.

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


fui tomar banho na casa do amigo e comeu a mulher deleContos eroticos da mamae quer ajudar filho a semastubarcontos de coroa com novinhoContos eroticos estava de calcinha fio dental e fui fudida pelo mendingocontos eroticos arrombando a gordaContos eroticos no sitio fazenda chacarabuceta carnuda comtos de sexosobrinho do meu marido mais nao queria 3 contos eroticos.contos eroticos a.xasada dot trabalhocontos eróticos lancharelatos novinhas crentes sendo enrrabadas com muito tesaoMesmo contra a vontade da minha familia eu sou mulher do meu primo viuvo conto eroticocontos eroticos currada garganta profundamulher do gelou grande fudedobotou tudo nela bebadacontos os peitos e o rabo da minha filha me seduziu comi elaprofessor comendo minha esposa mulata no motelhomem deixar você anda mulher toda arreganhada tanto transarcontos eroticos arrombando a gordaconto erotico lara a experientepio. novia. desmaia. de. fudeconto crente corno e curradocontos eróticos namorada de top lesscomo erotico dei para ocavalocontos eróticos médico comedorcontos eróticos de traição de casadas testemunhas de Jeovácontos de chantagem com fotos e coroas fodendo com garotoscontosvoyeurcontos exitantes fudi amadrinha da minha primacontos de incesto onde tio coloca sobrinha de nove anos no coloconto erotico putaria mulher gravida e amiga carente juntaspintaocontoscontos eroticos titio matando a saldades da sobrinha qeridacontos eroticos namorado cornocontos de incesto pais deflorando filhascoroa se***** cagou no pau de Natáliagostosa dando a b***** pela metade de mim loucamentecontos de coroas transando na praiaContos eróticos de tio e subrinhacontos eroticos de transando com a cunhada casada e com seu marido bi sexualcomendo a tia de pois de beber um vinhookinawa ufa conto erotico orgiaFiquei parado olhando a bunda delacontos com muito tesao obrigei o cara dar cuContos lesbica come nerdhuuuuummmm gozeiConto erotico sobrinho engravidou a tia etc..contos eroticos menage inesperado simplesmente aconteceucontos eroticos travesti sendo estrupadacontos punheta com a maecontos eroticos gay aposta de video game na infanciaconto gay era pequenocontos homes muito bemdotado comeu mia filinha gostosa contoscontos eróticosolha como tá duroConto eróticos ônibus em TeresinaContos excitantes sou gaúchasexo brasileiro com irmazinha gostosa na hora da malhaçaocontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crentecontoerotico professorascontos porno meu marido me obrigou a dar o cu pro amigodelirando com meus dedinhos contosvizinha inocente rabuda com shortinho socado contosurra vaginal amordaçada contotirando as pregas do cu da joycecontos eroticos esposa manda no cornocom a spgra e a esposa nudismoPrimeira vez q dei o cu vestido de travestcontos eróticos estupro de um cupau na boca da namorada dpcontos sem calcinhacontos levei uma rolada do meu filhocontos eroticos querendo uma rapidinhacontos eroticos novinha comida por garicontos exoticos no.cinemacontos cdzinha me fode e bateConto de vadia explorada por muitos machosconto erótico cabecinha do grelo