Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

MEU TIO SAFADO

Meu Tio Safado





Meu nome é Ricardo tenho 19 anos moro em São Paulo e vou contar como foi minha primeira experiência com outro homem. Na ocasião eu tinha 19 anos eu e minha mãe viajamos para a casa de meus tios no Mato Grosso para passar uns dias aproveitando minhas férias da escola, chegando lá foi aquela festa todo mundo feliz pelo reencontro meus tios não sabiam o que fazer para nos agradar, pois moravam numa pequena chácara afastada da cidade e viviam somente os dois, o único filho deles já era casado e se mudara para longe fazendo com que eles se sentissem muito solitários,passamos o dia conversando e contando as novidades e histárias até a noite.

Meu tio tinha uns cinquenta anos mais ou menos era forte e tinha um corpo bonito, durante as conversas percebi que ele não tirava o olho de mim e toda hora ele me pedia que o ajudasse com alguma coisa e quando eu me virava percebi que ele secava minha bunda com um apetite muito grande. Eu sempre fui magro, bem branquinho e minha bunda sempre foi redondinha e arrebitada e meu tio parecia que estava ficando com muito tesão pois toda hora ele dava uma ajeitada no pau dentro da calça, eu nunca tinha sentido nada por outro homem mas confesso que comecei a gostar daquilo tudo.

A casa era muito pequena com apenas um quarto, uma sala super apertada, a cozinha e um banheiro que ficava do lado de fora da casa. Na hora de dormir meu tio, que se mostrou muito gentil, sugeriu que as mulheres dormissem juntas no quarto do casal e que ele e eu ficaríamos na sala, notei que quando todos aceitaram, ele ficou muito feliz e me deu uma olhada penetrante que me deixou sem jeito e excitado, e assim fomos dormir. Meu tio se deitou no sofá e deixou bem a vista o enorme volume na sua cueca, ele já estava com o pau duro e eu paralisei com água na boca olhando para aquele pau enorme e gostoso, quando me dei conta meu tio me olhava e tinha um sorriso safado no rosto, tentei disfarçar, mas era tarde ele já tinha percebido que tinha me fisgado, e que eu estava babando por aquela rola.

Eu me deitei em um colchãozinho colado com o sofá porque a sala era muito pequena e não tinha espaço, fazia muito calor. Logo que todos se deitaram e minha tia fechou a porta do quarto eu perguntei ao meu tio se ele se incomodaria se eu tirasse minha bermuda e ficasse sá de cueca porque estava com muito calor, ele disse que eu poderia ficar a vontade, já percebendo qual era a minha intenção, deitei de lado e deixei minha bunda virada pra ele, eu sabia que ele iria entender o recado e entendeu rápido, sem perder tempo ele começou a acariciar minha bunda, começou devagar e logo baixou minha cueca e com muito carinho passava o dedo no meu cuzinho virgem, eu fiquei todo arrepiado e não me aguentei mais,queria chupar aquele pau, me virei e vi que ele estava socando uma punheta, o pau dele era enorme estava super duro e babando não me aguentei e caí de boca naquela delicia nunca tinha sentido vontade de fazer isso antes, mas naquela hora percebi que era maravilhoso sentir aquele pau quente e duro deslizando na minha boca, chupei com muito apetite, lambi todinho chupei as bolas e voltava na cabeça enorme que babava na minha boca sem parar, meu tio quase não acreditava e ficava louco de tesão enquanto via e sentia seu sobrinho tímido que ele desejou durante todo o dia, chupando e se deliciando com o seu pau com tanto prazer e com tanto apetite, sem dizer nada pra não fazer barulho ele me faz um sinal pra que eu me virasse e assim que fiquei de quatro senti a sua língua molhada no meu rabinho que piscava de prazer, arrebitei ainda mais a minha bunda pra ele,fiquei louco, me arrepiava até a nuca, nunca tinha sentido uma sensação tão deliciosa até que senti ele passar a cabeça daquele pau maravilhoso na minha bunda e com muito carinho começou a enfiar no meu cuzinho, doeu na hora que ele penetrou quase chorei de dor porque o pau ele era enorme mas era delicioso e o prazer me fez esquecer a dor, ele mexia devagar no começo pra não judiar muito do meu rabinho virgem mas a medida que eu ia acostumando começou a acelerar e meter cada vez mais fundo e forte,meu tio socava aquele pau enorme em mim e eu quase enlouqueci de tesão, ele puxava meu cabelo e me encoxava cada vez com mais força e sussurrava na minha orelha que nunca tinha comido um cuzinho e que estava adorando o meu que era lisinho,apertadinho e quente e que iria me comer de novo e muitas vezes, nesse momento eu comecei a rebolar bem gostoso sentindo todo o prazer com aquele pau delicioso, meu tio disse que não iria conseguir mais se segurar foi quando senti aquele pau enorme latejando dentro de mim e enchendo meu rabinho de leite, eu arrebitei ainda mais a bunda pra ele sentindo todo o prazer do meu tio em encher o rabinho do sobrinho safado de porra.

Quando nos deitamos pra dormir meu tio me disse que a casa era pequena, porém o terreno em volta era grande e deserto cheio de lugares onde poderíamos nos divertir sem preocupações naquela hora percebi que teria férias deliciosas, as melhores da minha vida, mas o que aconteceu depois fica pra outro conto...

[email protected]

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


contos eroticos fudendo a amiga da minha mae crenteconto minha mae so me provova e me deicha de pau duromulher jujuba de vestidinho mostrando o rabaoconto esposa assediando garotoMe comeuContos Eroticos Chinesa e negãocontos eroticos comendo a funcionaria novata casada da lojaconto erotico fui no pagode e comi um travesticonto erotíco fui sedusida nova e gosteicontos eróticos com a menininha em tambabaMinha irma adolecente taradinha em conto eroticoContos erodicos adoro mijar na calcinhacontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crenteconto de não aguentei a pica grande no meu cuarreganha abuceta no fank muito gosorelatos coroas defloraçãocrente velha chantageada contos eróticos virei cadela contos gaysconto erotico minha irma me fez de privada humanaMadrinha safadas relatos eroticos atuaisconto eroticos de academiamensagemquentesComo da o cu usando ropa de menina curtinha gayso p****** do metrô mulher relata conto eróticop*** da bunda grande deixando seu c* todo arrombado com peito bem grandecontos eroticos no consultorio da maecontos com fotos esposas com a buceta cheia de porra de negroscomo minha esposa aguentou 23cm no rabohomen bulinando o penis no chortcontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crentecontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crentecontos eroticos arrombando a gordaconto chupei a coroaadotado pela sogra contoscontos minha filha olhou em dandoninfeta chupa buceta e cospe a goza com nojocontos o pedreiro me fez mulherduas irmas gozando juntas conto eroticoContos eroticos enrrabada por um cao picudocontos e vidios de patroas tranxessual fudendo empregadascontos eroticos garotinha.fudendo tio da.van escolarfazendo uma massagem no papai contoMulher chupando o cacete do cavalo na chacara do tiofoto de travestis arreganhadas de frentevai me arrombarconto tia saidinhaContoseroticos minha enteada novinha sendo estuprada por dois roludoscontos erótico perdi a virgindade da b***** e do ku com meu patrãocomto erotico. novos com nifetinhas esetocontos incesto sobrinhacontos eroticos arrombando a gordacontos eroticos meu amigo comeu minha mulher e minha filhaso sadomasoquismo com maridos violentos contos eroticoscontos eroticos comendo giovanaconto sheila novinha sepradacontos eroticos arrombando a gordaconto erótico meu filho pediu uma espanholacasquinha da minha - contos eroticosmenino taradinho conto éroticoComo posso acaricialo com tesaogostei de ser abusada contos eroticosContos nao sabia bate punheta amiga de mamae me explicouContos eroticos mamado no seios sem doEsposa puta pagou a conta contoscontos eroticos entiado madrasta gordacontos eroticos com vovoempregada é chatagiada pelo patra e tem qui sar a bucetaContos eroticos filha rabudacontos vi o pinto do meu filhinhominha irma envagelica encestocontos erótico de mulheres casada morava no quartinho numa festa de no escurinhoconto erotico doce bruninha novinha no colocontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crentecontos bdsm erposas escrava submissa