Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

A REFORMA DO BANHEIRO

A REFORMA DO BANHEIRO



Eu e meu marido decidimos reformar o banheiro social de nosso apartamento, entretanto, mesmo com o material praticamente todo comprado, faltava o essencial: o pedreiro. Passados alguns dias uma amiga minha indicou um rapaz que já tinha trabalhado na casa dela. Ficou combinado que ele iria conversar conosco no final de semana. No sábado ele foi até a nossa residência e ficou acertado que começaria a reforma na segunda-feira e que o prazo seria de mais ou menos 6 semanas.

Finalmente a obra começara. Pela manhã meu marido e meu filho saiam e não demorava muito o pedreiro chegava. Uma coisa chamava a atenção no rapaz: chegava sempre arrumadinho, de mochila e perfumado. Era um rapaz moreno- claro de uns 25 anos e não muito alto.

No início foi um pouco complicado ficar sá com o banheiro de empregada para usar e também foi difícil ficar com um homem estranho sozinha em casa, mas com o passar dos primeiros dias o desconforto melhorou e nás até conversávamos um pouco. Eu procurava não usar roupas muito “a vontade” em casa, percebi que Carlos, o pedreiro, sempre que tinha oportunidade olhava minhas coxas e bunda disfarçadamente. Não sou nenhuma garotinha, mas tenho formas que recebo elogios e meu marido diz que sou muito gostosa. Algumas vezes notei que quando isso ocorria um certo volume sobressaía em seu short. Confesso que isso me fazia muito bem, um homem 19 anos mais novo que eu sentindo tesão por mim. Esta situação já durava alguns dias e eu começava a pensar besteira, eu nunca traí meu marido, mas dessa vez eu estava balançando. Enfim decidi pagar para ver, pois não tinha muito tempo, porque a obra já estava chegando ao fim. Bolei um plano ousado. Na manhã seguinte, ao acordar, fingi uma tremenda enxaqueca e pedi ao meu marido quando saísse não trancasse a porta do apartamento e que avisasse ao porteiro que falasse para o pedreiro subir, pois eu iria tomar um remédio e deitar novamente. Assim que meu marido e meu filho saíram levantei e tomei um bom banho, coloquei uma camisola curta e transparente, sem nada por baixo. Deixei a porta do quarto encostada e me deitei de maneira que quem passasse pelo corredor e olhasse pela fresta da porta teria uma visão privilegiada da minha bunda e xoxota, pois eu estava deitada de bruços e com uma das pernas ligeiramente dobrada. Os minutos se passaram e o silêncio sá era quebrado pelo som do elevador, meu coração batia acelerado, num misto de medo, expectativa e tesão. Quando já estava desistindo dessa loucura escutei o estalo da maçaneta da porta de entrada do apartamento e meu coração quase saindo pela boca: Seria meu marido voltando? Seria o pedreiro? Ouvi passos pelo corredor que logo pararam, senti que alguém me olhava pela fresta e antes que eu pudesse me virar para saber quem era, uma língua áspera e quente invadiu minha xoxota úmida. Quando dei por mim já estava com a piroca do pedreiro em minha boca num gostoso sessenta e nove, antes que gozássemos ele abriu minhas pernas e meteu sua pirocona com vontade na minha xana sedenta. Não demorou muito e gozamos feito loucos. Pensei que tínhamos terminado, ele me pegou de surpresa e começou a lamber e acariciar meu ânus, fiquei espantada com a ousadia dele e a minha falta de vergonha, pois me arreganhei toda como fazia com meu marido nessas ocasiões e deixei que o rapaz trabalhasse à vontade. Não demorou ele encostou a glande em meu ânus e começou empurrar lentamente ao mesmo tempo que massageava meu clitáris. Sentia meu ânus piscar cada vez mais rápido, até que gozamos num urro animal. Ainda meio zonzos nos recompomos, ele foi continuar seu trabalho e eu tomar outro banho. Toda manhã, nos poucos dias que faltava, antes do trabalho tinha a diversão. Não fiquei triste com o fim da obra, pois meu marido e eu estamos pensando em reformar a cozinha daqui a alguns meses.



VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


contos gay eu minha esposa e meu sogrofotoxvideopornocomi a mulher estrupada do traficante contos eroticoencoxada em coroa em Jundiai conto realesposa perdeu a aposta contoscontos eróticos gays irmãoscontos eroticos arrombando a gordaContos eroticos o marido gostoso da primacontos eroticos coroas casadas ricas dras adoram uma aventura com cara mais jovenssafadas gostando de ser tateadacontos eróticos bem depravado de bem picantecontos porno bunduda sograContos d uma menina estrupada por taxistacontos eróticos homem maduro gostoso da pica grande f******encesto contos de irmanzinja virgemloiro do olho verde me fazendo um boquete gostoso perto da piscinapapai safado dando sonífero para filhas bebê e transando com elasContos eróticos vizinho novinhos gay Manauscontos traidoracontos de sobrinhas sem calcinha na igreja sentada no colo do tionaturista contosNo motel minha sobrinha ela chupou meu pau eu chupei sua buceta e fudi ela contos eroticos conto erotico dotado fortão acabando com a novinha casada e safadaeteada gostosa fais xexo relato ponocontos estrupei a prima vadiacontos eroticos q bocA e essa desse baianoconto erotico gay motoqueiro marrentiConto erotico tia no tremcontos eróticos o tio com minha namoradacontos eróticos velho comedor de empregada domésticaasfantazias das mulher de pornoContos pornos-estuprei minha avócontos de casadas com quantos homens ja transaram antes de conhecerem o maridocarro empuramdo estaca no cu da branqui.ha quostosaesfrega esfrega na bunda da minha cunhada no ônibus lotadoContos eróticos dei meu curso para um cavalocalcinha usada contos eroticoswww.meucontoerotico.com delisiosoeu.tinha.cinco.anos.e.ja.dava.o.cu.pro.meu.primo.contos.prpibidoslora da freti fudedoCavalo cumendo uma jumetinha bem novinha que rincha muitocontos eróticos mãe e filho de araraqurapeitos caidos da velha do cornofui chupadocontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crentepadrinho comer afilhada cem pentelhomoreninha linda gostosa quatorze anos dandocontos eroticosencoxada no onibus conto eroticocontos eróticos levou no cuzinho virgem sem quererler conto erotico irmao fode a irma no oniboscontos eroticos mamae me ensinou a ser putacontos eroticos arrombando a gordacontos não resisti ao cacetaocontos eroticos meninos padrinhomovinha petenho avigidadeconto gay dominador negroContos erótico de infânciaContos.eroticos..de.incesto.no.dia.decasarMulher meteudo com varios homem pornoContos eróticos aventura s de um pastorfodendo uma égua no estaleiroConto porno criada na rola do avo dedi pequenaCONTO EROTICO ENCHE MEU RABOComtoerotico pequeninacontos eroticos corno por acasocache:AQRime9uCcEJ:okinawa-ufa.ru/conto-categoria_9_5_zoofilia.html contos eróticos trai meu marido numa rapidinhachaves comendo o cu de chicinha no banheirocontos eroticos fudendo a irmacontos er deixa que levoe dos velhinhos gays no pinto mole fudendo velhinhos contos eróticosContoe d orgias cadelinha e seu donolesbica conto professora fisicagozando no pau do velho contos eróticoscontos enquanto dormia