Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

AROMBANDO MINHA IRMÃ TESUDA E CUZUDA

Me chamo Adalberto, tenho 24 anos, sou magro, alto. Minha irmã se chama Mara, tem 32 anos, cabelo castanho, é alta, têm seios pequenos, bundinha durinha e pernas grossas e bonitas, minha irmã é uma mulher muito bonita. Eu moro com minha irmã na cidade, ela é casada e tem uma filha de 8 meses.

Depois que minha irmã teve neném, ficou direto em casa, eu também fico direto em casa, pois estudo a noite. Minha irmã costuma usar micro-shorts e camisetas regata. De uns tempos para cá comecei a reparar no seu corpo, e começou me a despertar um desejo louco de comer aquela mulher de quatro, pois sempre que vejo ela se abaixando e ficando de quatro meu pau fica duro na hora, e começo a ter a fantasias loucas com ela. Sempre mostro ou envio pra ela vídeos de sacanagem que recebo no e-mail. Ela adora assistir filmes de sacanagem. Já tinha comido ela outras duas vezes, pois ficamos o dia todo em casa e temos tempo para essas brincadeiras. Eu estudo a noite e certo dia, fui a aula e voltei para casa, por volta das 19 horas, cheguei e fui para meu quarto. Minha irmã e meu cunhado já tinham ido dormir, a porta do quarto estava fechada. Troquei de roupa, apaguei a luz e deitei na cama, costumo dormir sá de cueca, quando está calor. Escutei alguém entrar no banheiro. Depois vi que a porta do meu quarto abriu, olhei, era minha irmã na porta, meu quarto era claro, pois tinha a iluminação na rua. Ela fechou a porta e entrou, então perguntei a ela o que ela queria. Ela não falo nada, ficou de joelho na beira da cama, ergueu o lençol, e passou a mão no meio das minhas pernas até encontra meu pau, puxou a cueca e meteu a boca nele, ainda estava caidinho, mas endureceu na hora, chupou até eu gozar, não demorou muito, pois tem uma boca maravilhosa, então sugou toda a porra. Foi até a parede, ela estava sá de camiseta e fio dental, ficou de frente pra parede e começo a rebolar e me chamar: "vem, vem, come minha bundinha", saltei da cama e agarrei ela sentindo sua bunda rebola no meu corpo, enfiei a mão na sua xaninha que tava toda molhadinha, puxei seu fio para o lado e enfiei a cabeça do meu pau na entrada de sua xana, ela rebolava e se movimentava engolindo meu pau com sua xana gostosa, esfreguei meu pau na sua xaninha, e soquei tudo de uma vez, ela arrebitou sua bundinha e continuei bombando até que senti seu gozo escorrendo no meu pau, também não aguentei e gozei, dentro da sua xana. Ela puxou seu fio dental e falo que tinha que volta pra cama pois meu cunhado estava dormindo. Fui pro banheiro me limpei e fui pra cozinha toma água. No outro dia acordei e fui ver onde ela estava, fui até a lavanderia, ela estava lavando roupa, de shortinho de moletom cinza bem curtinho coladinho no corpo, da pra ver perfeitamente suas curvas, quando abaixa que loucura,estava com uma regata, nunca tinha visto ela de shortinho e regata, sempre usa uma camiseta mais comprida. Ela se abaixou pra esfregar a roupa e eu não resisti e cheguei por trás e me encaixei na sua bunda, simulando fazer sexo, ela continuou abaixada e falou: "delicia, achei que não ia ter que tirar a roupa pra você perceber", disse pra ela sem problemas eu tiro, comecei então a massagear sua bunda, pernas até chegar a sua xaninha, quando olhei estava uma mancha molhada no shortinho, não resistiu e se molhou tudo. Abaixei o shortinho, estava sem calcinha. Falei pra ela minha empregadinha agora vou dar a recompensa pelo seu trabalho. Comecei a esfregar a cabeça do meu pau na sua xaninha, a safada pedia, enfia, enfia, me come. Comecei a bombar na sua xaninha, até que percebi que ela ia gozar, então tirei e enfiei de uma vez sá no seu cuzinho, ela chego a gritar, mas logo gostou, a vadia gemia e pedia mais forte, até que ela não aguento e gozo, deixando escorrer porra de sua xana. Bombei mais um pouco e gozei lá no fundo, não resisti a seu cuzinho apertadinho e gostozinho, ela tem um cuzinho gostoso, fofinho, o pau se encaixa direitinho, pra goza é fácil. No final ela falo que tava tremendo de medo de alguém chegar. Nos restabelecemos e continuamos conversando sobre outras coisas como se nada tivesse acontecido. Afinal, nossas tranzas são sá para matar nosso desejo, fantasias e loucuras, pois adoramos sexo e assim temos a chance de por em pratica o que temos vontade de fazer.

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


Encaixou a pica no meu cu pelo buraco cabinedeflorando bucetinhas com pepinoscontos eroticos vendedor ambulante da praiaporno filadaputa faz devagar o teu pau é muito grande conto erotico vir minha mae dando p visinho e meu pai participoucurrada no caminhao contoscontos de travestis comendo os patroeshonme infinando a rola na bumda da moleContos esposa e filha amigoscontos de coroa com novinhoContos eroticoseus.filhosamigos de infancia tomando banho contosComtos empregados fodemdo a mulher do patraocontos de casadas liberadaconto sozinha em casa peguei meu pai fudendo minha maezoofikia contis eriticos homem aosixonado pela eguacocando a xerecona cabeludona por baixo da saia sem calcinhasConto erótico marcinho enteadosurba com um casal de amigo sem querer primera ves comtoshomens lanbendo o xinou da mulher na cama fotosconto maninhaComtos casadas fodidas pelos amigos do filhocontos casadas o ngrinho m arrombouContos eroticos peguei meu pai nao aguentou e chupou minha bucetapriminha abafando primo com sua bucetacontos eróticos coroas lindascontos de incesto cumadre velho obrigou a casada a xupar seu pau grossoContos eroticos estupros coletivos veriticosnifetas brasileiras dando cuzinho virgem pro irmao chorando de dorcontos eróticos me obedece putinhacontos arrombei mãebebada conto eroticocontos eroticos familia mae pelada irma nuacomi minha mana casadacontos reais pauzudi tirou bosta da cunhadafragrância zoofilia caseiro contos traindo o marido com o sobrinho roludo 2casada funk relatos eroticosjumento comeu contoscontos eroticos namorada virgem do cornocontos eroticos de incesto em roçacontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crentecontos eroticos gays meninos cuidando do amigo bebadobarulho de xixi conto eroticocontos de coroa com novinhocontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crentecontos eroticos meu amigo e minha mãeVideo de uma mulher dansando de causinha verde entrandoincesto contos filho se separa e volta a morar com mae coroaconto gay crackcontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crentemeu pai olhava pelo buraco na parede do quarto dele pro meu e se masturbavaPorno conto encoxando a casada com o esposo perto buzaocontos eroticos. esposo duvidou da esposatraveco dominando e excitando macho em banheiro, contos com fotosUni batendo p****** os malhadãoContos eroticos chupando peito casais amigoscontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crentepapai disse que me ama contos eroticoscontos eroticos depois de muito tempo dei pro sobrinhoContos eroticos enteadascontos eróticos fui visitar a esposa do meu tio Ela tá de babydollcontos zoofila casada abandona marido e filhos por um cachorrocontos eroticos fazendo troca troca quando meninocontos de gordinhas casada com roludocontos minha mãe sentou no meu colo de saia sem calcinhacontos erótico filho ajuda mãecontos eroticos com a tiacontos eroticos dei pra varioscontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crentechaves sotinho ponocontos eróticos comendo a mulher negra do meu paiinocênciaperdida contos eroticos gaycomo supa a boceta ligada tonado