Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

BAILE FUNK

Tenho 28 anos, nao sou a típica cachorra mas gosto de discretamente aprontar. Sempre fui muito cuidadosa, afinal sou casada a 7 anos e tenho uma filha.

Meu marido é carioca e eu paulista, tudo aconteceu quando fomos a visitar seus Pais no Rio.

Sempre escutei falar de bailes funk mas nunca tive oportunidade de ir, atéqfue fui convidada por a prima de meu marido, marcamos a hora e fomos, mas antes perguntei se quería ir ao meu marido que disse que nao, que prefería ficar com seus país em casa.

Me arrumei e fomos buscar uma amiga de Paula(prima de meu marido). Chegamos a casa de Paula foi um tal de trocar de roupa e eu curiosa pergunto o por que de trocar de roupa de novo.

Nao era muito difícil entender o por que, as roupas agora longe de papai e mamae eran mas ousadas, sainhas mas curtas, shortinho bem colados e assim a coisa era diferente. Aproveitando a me coloquei em um vestidinho negro que estaba ai sobrando, para mim era ousado mas para elas com certeza nao.

Estava agora uma cachorra, ja percebia olhares percorrendo meu corpo, resaltado por meu enorme decote, ja estaba ficando molhada.

Muleques sarados se esfregavam para dancar, meu libido a cada hora aumentava mas ja estva como louca na pista.

Para resfrescar e aliviar a tensao ou tesao, fui ao banheiro, achei meio estranho um monte de machos parados na porta, parecía um corredor polonés . Quando pasei, as passadas de mao foram certas,era mao por todos por todo meu corpo, os dedos suados desses safados se metiam em minha intimidades, e eu tratava de parar com socos e tapas que pouco faziam efeitos, meus seio ja estavam de fora. Tratei de passar o mas rápido para o banheiro. Que alivioÂ…Â…

Me ajeitei e voltando a me pentiar olhei para fora e percebi que todas as garotas que passavam nesse corredor de polones gostavam da brincadeira e chegavam todas contentes no banhero contando o que passo fe inclusive tiravam a calcinha para passar outra vez pelos corredor.

Empougada fiz o mesmo, tirei minha calcinha, fiz um ar de gostosa e voltei para o palco. Sá que dessa vez passei bem de vagarinho. Senti mas uma vez os dedos masturbarem minha buceta enxarcada, sentí os dedos buscarem lugares que eu mesmo nao tocava. Que delicia ser invadida dessa manera, por alguns segundos eu ja estaba perto de um orgasmo, minha saia levantando mostrava minha buceta nua para todos .

Voltei para o palco e dancei muito ja que minha vergonha tinha ficado muito longe daquele lugar. O problema agora era chegar em casa e explicar onde tinha ficada a minha calcinha. Mais isso meu marido corninho entendí e nao liga.





Beijos Sandra

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


sempre fui safadinha contos xvidiominha pica é maio doque a do seu maridoconvencir minha mulher zoofiliacontos eroticos de faxineiras coroas safadaschupar pau grabde e duro contosler contos de jovens heteros iniciados por outro jovem no sexo gayminha priminha titio contos eróticosContos eroticos soquei no rabo da minha mulher rabudacontos eróticos tomando banhomarido dormiu eu me depilei toda contosconto erotico o ponei e mulhermulher dando pra piazada contos erpticodContos eroticos tia coroa da roçasardentinhas ninfetascache:WL60GUVYjnsJ:https://android-source.ru/mobile/conto-categoria_4_73_incesto.html contos eroticos de barbeiro cortando cabelo de mulheres casadascomtos erotico peguei meu filho com minha calcinha e puni com sexoComendo cu de mulher dormindo conto eroticoContos eroticos Fui estupra com meu tio negroContos eróticos eu e meu bemzinhocontos rael eu miha mae sobrimasiniciando um viadinho contoEncaixou a pica no meu cu pelo buraco cabinepasto da igreja tirou meu cabaçocontos minha esposa nao vai aguentar essa pica.Meu vizinho tiro meu cabaço bebadasurra de chinelo contosvídeos pornô Santa Rita taxistaporno esposa pedindo pra Corniacontos/o cu da sogra era virgemrelatos eróticos sexo com aluno especialVelho picudo.conto eroticocontos eroticos casada que sonhava dano para um cavalocontos: sentei no colo do velhocontos erotico com minha sobrinha mais novachantagem a mae contoscontos eroticos Sofrendo com o pauzaocontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crenteler conto erotico irmao fode a irma no oniboscontos minha mãe me seduziu usando mini saiacaralho anaconda destruindo cuporno doido sumindo um emorme prinquedo na pusetaapanhando e gozando contosContos meu cu mordei o pal enormecache:FPfKk_mm7mAJ:okinawa-ufa.ru/conto-categoria-mais-lidos_9_9_zoofilia.html gordinho tetudo gay contosContos eroticosmenina de dez anos fazendo sexocontos eróticos namorada tirou a roupamarido corno nao ve mulher paasa a mao no pau d outroconto erotico estuprada na escolamadrinha linda me chupandogordinho tetudo gay contostanguinhas molhadas contos eroticos reaisporno contos eroticos fui enrabada pelo meu irmaoContos eroticos mulher cazada carente tevi ki da pru vizinho de pika muito grande marido descubriu contos eroticos titia fofinha na piscina com fotoscontos do irmão viadinhoconto fui espiar e acabei batendo uma punhetaminha bucta greludacontos eroticosvoyeur de esposa conto eroticocontos de estrupo em família rasgou o cuzinho apertadoContos eroticos cunhada safada jeovacontos minha prima defisiete me viu batedo umaporno contos eroticos fui comida pelo sapateiroContos erotico dois policial dotadu fudel minha esposacontos eróticos gay tio me comeuconto elotico pai xfilhacasadas safadas me deu a calcinha usadas contos eroticosxerequinha juvenil de perna abertaConto vontade de treparContos casado com travesti mas ele fudia com todos d familiacontos eroticos arrombando a gordacontos eróticos chuva molhadaeu minha esposa e uma puta contocrossdressing miudinhacontos carona q virei cornofilhinha tezudinha contoscontos eroticos arrombando a gorda