Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

FANTASIAS DE UM CASAL

FANTASIAS DE UM CASAL



Olá, meu nome é Roberto tenho 50 anos, moreno claro, quase 2 metros de altura, minha mulher tem 49 anos e somos casados pouco mais de 19 anos. Nás temos uma vida sexual muito ativa, onde a imaginação sempre fala mais alto, nos entendemos muito bem na cama, e fora dela, (seja no sofá ou no carro, enfim), Sendo de algum tempo para cá, tive a vontade de incluir uma terceira pessoa em nosso relacionamento, no qual deixaria ela escolher, poderia ser mulher ou homem, mas em todas as vezes que comentei a resposta era sempre a mesma NÃO. Eu queria apimentar ainda mais o nosso relacionamento por isso continuei tentando. Comecei a alugar vídeos onde tinham 3 pessoas transando (2 homens e 1 mulher ou 2 mulheres e 1 homem) e até mesmo casais. Um dia ela vira-se para mim e fala, você não desisti, e lhe falei, a muito tempo que tenho esta fastasia, eu gostaria que você me ajudasse a realizá-la. Tal foi a minha surpresa que ela acabou aceitando dizendo que eu poderia procurar esta terceira pessoa, desde que fosse homem.



Agora o pepino estava em minhas mãos, quem seria este homem, pensei em garotos de programa, pensei em amigos. Continuei pensando, até que um dia encontro o Luiz, um amigo de pelo menos uns 19 anos, ele me perguntou se podíamos conversar, falei que sim, pois já sabia até o assunto, que era o mesmo de todas as vezes, sua separação. Apás alguns copos de cerveja ele me disse o quanto estava carente, pois desde a separação ainda não havia se relacionado com nenhuma outra mulher. Pensei, esta é a oportunidade que tenho em achar a terceira pessoa dos meus sonhos.



Luiz, eu e Lene somos muito quentes em nossos relacionamentos, mas queremos aumentar ainda mais este fogo, por isso estou procurando um homem para aumentar ainda mais este fogo, conforme a vontade dela e já que você está a perigo poderíamos tentar. Luiz ficou meio que de boca aberta, pois não esperava um tipo assim de pedido. Falei para ele, não precisa responder agora, pode pensar. Pagamos a conta e fomos embora.



Práximo de casa meu celular toca e é o Luiz, dizendo, Beto eu topo, espero que a Lene também tope, aí lhe respondi, agora é comigo.



Cheguei em casa fui tomar banho e Lene já estava deitada, dei-lhe um beijo e deitei ao seu lado, e falei, já arrumei o homem que você queria, é o Luiz, ela se espantou, pois não acreditava que seria com uma pessoa de nosso relacionamento, para acalmá-la disse que a escolha eram por dois motivos bem lágicos, o primeiro por de ser de confiança e o segundo pela carência do Luiz, sendo assim ela acabou aceitando.



No dia seguinte liguei para o Luiz dizendo que a Lene havia aceito e marcamos para o práximo sábado o início da nossa aventura, seria no apartamento dele, pois como estava separado não haveria problema algum.



Chegou o sábado nos preparamos para o tão sonhado encontro, Lene estava com um top que deixava seus seios apesar de pequenos aparecendo um pouco e uma mini saia que mostrava muito bem as suas coxas grossas e a bunda grande, minha mulher é muito sensual, pedi para eu ver a sua calcinha, onde ela negou dizendo que somente na hora H eu há veria junto com o Luiz, fiquei logo de pau duro imaginando minha mulher se mostrando para mim e para o Luiz.



Toquei o interfone e Luiz abriu o portão, entramos e como é de praxe nos cumprimentamos, nos sentamos e Luiz nos serviu um drink a Lene não bebe. Conversamos um pouco, mas a minha excitação era muito grande, foi quando falei, já está na hora de começar.



Comecei a tirar minha roupa e Luiz a sua ficando os dois completamente nus, fui em direção a Lene e comecei a beijá-la, o Luiz se aproveitando da ocasião também se aproximou levando sua mão até a buceta da minha mulher, mas ainda queria vê-la sá de calcinha, foi quando tirei a sua blusa e em seguida a saia, praticamente não tinha calcinha de tão pequena que era, ficamos ainda mais excitados, tirei sua calcinha e já podia sentir o cheiro de sexo que exalava, Luiz não perdeu tempo caiu literalmente de boca na buceta da Lene e eu enterrava minha piroca em sua boca, ficamos assim alguns minutos, sendo que o Luiz não aguentou e com muito tesão enterrou na buceta da minha mulher, fiquei pasmo, pois ao mesmo tempo que tinha vontade de ver minha mulher sendo fudida por outro homem, me sentia meio que traído, mas era o que eu queria, não poderia ficar passivo a tudo que acontecia na minha frente. A Lene com meu pau na boca e a pica do Luiz na buceta era fantástico aquela cena, como o tesão do Luiz era tanto não demorou para gozar e fazendo minha mulher também gozar, foi quando tirei o pau da boca da Lene e bati uma punheta que logo gozei em sua boca. Fomos tomar banho os três juntos, quando vi a quantidade de porra que escorria pelas pernas abaixo, fiquei doido de tesão.



Apás o banho voltamos para sala, quanto foi a minha surpresa, minha mulher disse que também tinha a fantasia de transar com outro na minha frente e que a fantasia dela ia ainda mais longe, nos disse que além de transar com dois homens, gostaria de me ver pelo menos chupando uma pica, quase pirei, pois nunca me imaginei chupando uma pica, ela voltou a pedir sá que agora com muito carinho e tesão, não tive como dizer não, pois estava realizando agora a nossa fantasia, fui em direção ao Luiz, sentei-me no sofá, segurando aquela pica com uma das mãos e direcionado a minha boca, na hora confesso que tive um pouco de nojo, mas fui me acostumando com a idéia, enquanto chupava aquela pica minha mulher passou a chupar o saco do Luiz, que a essa altura gemia como um touro no cio, foi quando anunciou que iria gozar, minha mulher mais do que depressa tomou a pica do Luiz de minha e pediu que ele gozasse em sua boca, era muita porra que saia de seu pau quase fazendo a Lene se engasgar, eu ali ao seu lado olhando aquela cena, foi quando ela veio e me beijou na boca, jogando parte do leite do Luiz em sua minha boca e pedindo que eu engolisse o que sobrou, engoli e fiquei parte do tempo com o gosto de porra na boca.



Mas o tesão da minha mulher não acabava, foi quando ela pediu ao Luiz que chupasse a minha piroca também, para minha surpresa o Luiz não questionou e partiu com tudo para minha pica, beijando, lambendo e chupando o quanto foi possível, até que gozei em sua boca e ele engoliu tudo, minha mulher então nos beijou, ora ele ora eu.



Nos refizemos e minha mulher queria ser penetrada por nás dois ao mesmo tempo, pedi ao Luiz para meter em seu cu e eu iria na buceta, não demorou muito e Lene teve seu primeiro orgasmo como em 19 anos de relacionamento tinha visto ainda, não demorou muito também gozei e Luiz logo em seguida. Fomos tomar um banho e depois apagamos, sá acordando pela manhã e começando tudo outra vez.



Agora minha mulher disse que tem outras fantasias, vamos esperar para ver, até a práxima vez.

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


Camila minha enteada sozinha comigo em casa dando a b******** para mimcontoa eroticos de zofiliaRelatos de sexo anal com irmãconto chorei mas aguentei a pica do meu patrasdoQuero treinar o vinha perdendo a virgindade da bucetinhaMinha prima me deu sua calcinha de presente para eu gozar e devolverconto sexual com cadela zoofiliahomen dando cu para a gradeunegra da pra um de4 e chupa do outro por dificuldade em motelcontos eroticos diretora violentadaContos minha mãe e suas amigas safadasvideo que profe girafales come cu se dona florindacontos eróticos com marido tratado me estupandoVideo Homem esfrega pênis na camabebada conto eroticocontos eróticos gay e casal bicontos eroticos, meu sogro come minha esposaconto erotico desconfiei de minha esposacomendo a mulher em frente ao marido contocasa dos contos eroticos sou evangelica e trepo com meus cachorrossimpatia comer cunhadaconto eroticocasada traindo com negraocontos eroticos de travestis sem camisinhacontos de corno mansocondos erodicos vizinho lindozooxxx beokpfiz meu marido de meu corno e meu cumpliceContos pornos-esfreguei o pau na boca da minha mae bebadacontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crentecontos eroticos de novinhos madrinhasCegonhas com rola muito grande e bem grossa no pornô doidocontos comi minha filha gostosa na casa delacontos eroticos minha mulher piranhapeitudãs gostosascasada limpano porra do negaomostrei a buceta toda babada pro papai brincarTenho uma tara incrível em ver mulheres lutando e foi com muito custo que consegui convencer minha então noiva a se atracar com mulheres semi nua, e em algumas lutas completamente nua, para o meu prazer. às vezes fico com peso na consciência pois ocontos minha namorada me fez corno com vizinho marrentovideos de sexo selvagem com mulheres que leva palmadas chineladas na buceta e no anosconto eróticos de troca de filhacontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crentecontos flagreii meu subrinho mastubando com calcinhacomenho a vinsinhA e gozando drntro de lacontos de pura putaria entre pais e f peladas e meladas de manteiga no cucontoseroticos chantagem velhacontos eróticos perdi minha virgindade com um pau grande e grossocantos eroticos SOU casada mais dei meu cuzaofui arrombado contos gayscontos casadas gangbang com os meninosconto gay o viuvo me fez sua femeacu furico bunda peito pênis contos eroiticosContos eróticos de incesto sobrinha gulosa mamando no pirocao do titio taradao na cozinhacontos meu padrinho negao come minha maecontos eroticos peitudacontos manacontos erótico nojento maconheirovideos de porno sogro cardando a moracontos encoxadascontos eróticos sogra pega mulher metendo na camaconto erotico velho pedreiro novinha quartinhocontos eroticos com homem contratado para engravidarcontos eróticos de incesto minha mae no meu colocu peidão conto gaycontos eróticos mamãe com meu amigocontos sexo minha esposa nossa vizinha travesti novinhaconto erotico irma estrupada pelos pedreiroscontos eróticos minha namorada e amigo no banheiro juntosSarado tesao mexendo movimentocontos eroticos de travesti comendo seu namorado