Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

FODENDO AS MÁQUINAS



Estava numa festa, com minha mulher, e tomamos o maior porre. Saímos, eu dirigindo e ela ao lado, com um vestidinho preto e curto. Isso foi por volta da três da manhã, e a cidade estava praticamente deserta.

Assim que saí, numa grande avenida, eu, tonto de tesão e de cachaça, meti a mão entre suas pernas, subi até a bucetinha quente, pus a calcinha de lado e comecei a boliná-la. Ela se contraiu para trás, soltou o cinto de segurança e meteu a mão esquerda sobre minha braguilha, sentindo meu pau, que já quase arrebentava das calças.

Ela se desmanchava ao toque de meus dedos e, enquanto delirava na masturbação, abriu desesperadamente minhas calças e caiu de boca no meu pau. Senti aquele morno quente, úmido, aquela boca que me sugava com uma volúpia tremenda.

Ao se abaixar, ela ficou de lado, e deixou a bundinha exposta, com uma calcinha fio-dental, que baixei, voltando a enfiar os dedos em sua buceta sedenta, molhada, doida por uma penetração. Cuspi num dedo e fui enfiando ele no cuzinho dela; ela rebolou, mordeu meu pau levemente, e pegou minha mão. Achei que fosse tirá-la de lá, mas ela a empurrou mais, para que o dedo entrasse por completo, enquanto ela enlouquecia e quase devorava meu cacete.

De repente ela se levantou, olhou para mim com uma baita cara de vadia e disse:

- Pára o carro; pára...

Entrei prum terreno baldio, escuro, um puta lugar perigoso, mas a bebida e o tesão já não deixavam mais a gente pensar.

Deixei carro ligado, com o condicionador de ar acionado, e afastei o banco. Ela arrancou a calcinha e sentou no meu pau, com as costas batendo no volante. Abri suas nádegas e voltei a enfiar o dedo no seu cuzinho. De repente suspendi mais o tronco, para chupar seus peitos, que saltavam, duros, para fora do vestido. Ela afastou as ancas para trás, e a marcha do carro vibrou em sua bundinha. Notei que ela estremeceu. Apertei a embreagem e puxei o câmbio mais para perto, encostado-o em seu cuzinho. Ela delirou, olhou para mim com uma cara de assustada. Acelerei o carro e a vibração aumentou. Sua expressão mudou, virou tesão, derretimento. Empurrei-a para trás, e notei que a ponta da marcha começava a forçar rua roelinha, fazendo-a dilatar. Ela começou a rebolar, a endoidar. Tirei-a um pouco, cuspi na mão e passei o cuspe na marcha, sentando-a novamente. Meu pau já estava fora de sua buceta, e eu me masturbava, assistindo ao espetáculo, me segurando para não gozar. De repente ela falou:

- Acelera; acelera...

Voltei ao ponto-morto, acelerei e pressionei seu corpo contra marcha; ela deu um gemido, a marcha entrou, ela enlouqueceu de tesão. Me afastei, levantei o quadril e meti o pau na boca dela. Ela se derretia a foder com a marcha, se masturbar e me chupar.

Agarrei seus ombros e comecei a empurrá-la para trás, enquanto ela fazia força para frente. No começo doeu, mas logo a marcha entrava e saída de seu cu esfolado, cada vez mais rápido, e de vez em quando ela tinha de parar de me chupar para gemer, de tanto tesão.

Gozamos deliciosamente. Enchi sua boca de porra, ela gritou feito maluca. Saiu da marcha, que estava úmida de saliva e dos líquidos de sua bucetinha que, de tanto tesão, molhou até o câmbio.

Depois disso, transar no carro tornou-se um fetiche para nás, que vivemos outras histárias delirantes dentro da máquina, mas isso fica pra depois.







VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


Fábio chupou o pau de Sávioporm mamamramcontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crenteconto enfermaria cheiro sexo intensocontos de esposa peitudas amamentando varioscontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crentesafadas gostando de ser tateadaesposa e amigos na cervejada em casa contocontos duas gostosas dando o cu para um cara pausudoconto erotico gay felipe chupador de dedoa vizinha me convidou pra ir em sua casa,contoscontos eroticos menino comeu coroa de 70 anos enquantoo ela dormmiacontos meu cuzinho aberto escorrendo porracontos eróticos abusada virgemme provoca com pau na entrada conto eroticodelicia conto heterocontos eroticos rabudascontos lesbicos princesa chupa princesaSeduzida achupar sua amiga xvidioconto esposa assediando garotoContos d mulheres violadas por flanelinhascache:R-bg7J8nF7YJ:https://mozhaiskiy-mos.ru/m/conto_14382_mamae-velha-mais-bucetuda.html enfia na minha bundinhaencochada com vestido fino crentinhaConto gay a bermuda recheadacantos eroticos com cavalosa minha cunhada casada e saia justa contos com fotositaliana trepando italiana trígono novinha n****** italiana novinha trepandoconto erótico trabalhando numa crecheconto minha tia fica pelada na minha frentecontoseroticosnamoradavirgemcontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crentefilhinha do amigo meu de treze aninhos louca pra ve a picaaventuras com travesti Portugal contocontos erótico novinha evangélica cetar sem calcinha no colo do crente que tem um pau enormeContos amigos fodem maes de amigos por traicaomarido leva esposa na cabine erotica contosler relatos d homens q foram presos e tiveram o cuzinhos arrombadoscontos duas gostosas dando o cu para um cara pausudoXupano apiroca doirmao sentada novazo dobanherocontos chatagem cu irma chorandocontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crenteporno coroa da boda mole de fiodetaocontos fudendo com priminhs de dose snoslinda buceta aberta corno contoscontos eróticos chantageando o sogrox video.com madrasta me mandou eu lamber o seu cuzinhoconto erotico minha namorada dançando com outro na baladaconto erotico apostou e me pagou com boqueteEusouhetero e chupou o pau do meu cunhadoconto porno instrutorContos lesbica come nerdcontos eroticos mulher dopada e fudidacheirei a calcinha fedorenta contos eroticoscomedo tudo que e tipo de putinhas e putinhosvidio porno u homen gozano na buseta po sema dacasinhacontos eróticos escravo de minha irmãMinha prima me cantou contosgostosas com mini calsinha saindo o beisinho da buseta de ladameu pai comeu meu cuzinho dedo do carrocontos eroticos flagrei minha mae fudendo com travestiContos eróticos curtos de cachorro lambendo a buceta da vócontos papai meu irmaozinho que vira mulher como o cusinho dele vaicontos eróticos de negrinhas que gosta de fuder com homem brancos mais velhoscontos eroticos eu minha esposa rabuda e meu tio na praia de nudismoContos eróticos comendo uma travestir lindaeu minha sobrinha na praia contocontos eroticos empregadacontos eróticos batir punheta no ônibusContos eróticos menininha putinha com rostinho de anjo