Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

MEU PAI, PRIMEIRO HOMEM DA MINHA VIDA

o que vou contar para vocês, é muito mais que um conto e um desabafo que venho prendendo e que espero em breve estravassar num gozo intenso de prazer.

Descobrir o prazer ainda muito menina, nas brincadeiras de travesseiros e sempre que possivel, roçava-me neles para obter prazer, é claro que fazia iso as escondidas, sá que numa dessas meu pai viu, eu tentei disfarça e ele foi discreto em não falar nada .

Passado alguns dias, chamou-me no quarto dele, eu tinha na época uns 19 anos, sem falar nada, mostrou o seu pênias e perguntou se eu não queria tocar, fiquei assustada, mas ele pefou minha mão e começou a tocar uma punheta com ela, até que ele gozou fiquei muito asustada, mas ao mesmo tempo excitada, e isso repetiu-se quase que todos as noites durante dois meses ou um pouco mais .Foar isso, tudo ia bem em casa . E conforme ia acontecendo, ele nem mais precisava pegar minha mão, quando o tempo era propício, chamava-me, arriava as calças e eu tocava uma punheta pra ele, ele gozava eu limpava minha mão e voltava a brinacar ou fazer outra coisa . Mas um dia ele perguntou se eu sabia beijar, apesar de nunca ter o feito disse que sim e ele me pediu pra mostrar.Nos beijamos por uns minutos, primeiro sem lingua, depois com, beijos, molhados, chupados, intensos. Meu corpo tremia de prazer, ate que ele tocou em meus seus, Tao virgens qto o resto do corpo, to qcou neles depois os chupou-os, estava louca e a noite qd ia no seu qurto ele disse que agora era minha vez de gozar, pegou seu dedo indicador e começou a me bolinar e eu o bolinava, gozavamos horrores, quase todas as noites era a mesma coisa, e de repente, acontecia em diversar horas do dia, sempre qd dava . Tinha dias que faziamos uma cinco ou seis vezes . Ele passou a me buscar na escola, levar pra passera de moto, iamos ao cimema, nos bolinavamos em muitos lugares. Mas minha mãe começou a desconfiar e então paramos.

Quando fiz uns 19 anos, ele começou a tirar fotos minhas, antes eram fotos sem malicia, até que um dia, no estudio, ele falou, pra eu tirar a blusa, Já estava mais crescida, tinha dito una namoradinhos, e entendia muito bem onde ele queria chegar.Mesmo sempre me sentindo culpada, tirei a blusa, a bermuda, a calcinha e fiquei nua em pelo, timidamente fui me soltando, e ele, tirou mais de tres rolos de filmes de mim, fotos de todos os tipos em todos posiçoes, inclusive sá da minha vagima, da minha bunda do meu peita, fotos abertas, passando o dedo, nesse dia foi uam loucura, as vezes eles parava de tira fotos e pedia pra eu bater uma punheta pra ele . ai ele tirava foto minha batendo uma pra ele .

Não demorou muto pra gente voltar aos nossos, encontros, porem o sentimento de culpa não deixava ir mais longe .Um dia minha mãe viajou . Ficamos sozinhos . foi um ano-novo . Os amigos o chamaram pra ir a uma festa, mas ele preferiu ficar comigo . disse que naquela noite iria dormir na cama dele. Deitamos e assistimos a um filme da tv, devagar sua mao foi começando a me bolinar, enqunato pegava a minha pra fazer o mesmo nele .

Os beijos e os toques no seios, foram os proximos passos . até que ele perguntpou se alguem havia me chupado . disse que nãom, foi ai que iniciamos um 69 muito gostoso.gozamos muito . e depois dormimos agarrados, mas cada um segurando o orgao genital do outro . Nossa relação ja estva mas uma vez fugindo do controle, as vezes deitada no meu quarto de porta abreta ele chegava por tras, por cima de mim, colocava o pau entre minha coxas e começava a roçar . Era uma delicia,nem ligavamos se a casa estava cheia de gente ou não . na musculação, quando ele ia me buscar dizia que era meu namorados . Muito dos meus maigos o conheciam como meu namorado . iamos a lugares como verdaeiros casai de apaixonados . Uma vez ele foi a um janatr de negácios com clientes de outro estado e me levou, apresentando-me como sua mulher .A cada dia era sá eu e ele, Nos verões, íamos pra nossa casa da praia, uam vez estavamos todos na varanda e fazia uma friagem e eu estava deitada na rede coberta por um lençol, ele entao deitou comigo e cobriu-se também, enquanto conversava com meus avás, meus tios e por debaixo ia me bolinado, eu delirava, porem a sensaçao de perigo era o que mais excitava .Minha mae estava muito desconfiada, e eu tb não ficava bem, me sentia culpada. Uma noite saimos pra jantar e esticamos pra dançar, foi tudo perfeito, saimos com um grupo de pessoaas que não sabiam que eramos pai e filha. Dançamos muito, no caminho para casa vinha fazendo um boquete nele enquanto dirigia. antes de entramos em casa, ele me empressou na parede e e beijou profundamente, pegando em meu seio, se roçando em mim e disse "dorme comigo hj, vamos para um motel, quero te sentir inteira, que estar dentro de ti!"Isso Me assustou ainda nào estava preparada para transar com ele, ele ate haviame mostardo usn arquivos em que falavam de transas entre pai e filha, mas não estava preparada e recusei . Nessa época dividia o quarto com uma menina que ajudava minha mãe. Fui deitar e um pouco depois ele bateu na porta fingir estar dormindo. a menina foi abrir a porta, e bem baixinho escutei ele dá um beijo nela e ela sussurrava "olha a tua filha !". Ele cinicamente dizia que eu estava dormindo . Mas sei que ele sabia que eu fingia dormir . Devargazinho abri os olhos, de modo que eles não percebessem . e pude ver os dois se beijando e meu pai a empurrando pra cama, onde trasaram . Ela chupava o pau dele, ele chupava ela, depois começou a come-la . Eu molhada . ia me masturbando, doida pra estar no lugar dela.

Depois diso brigamos, morri de ciume, tempos deposi ele separou-se de minha mãe . Não foi nem nos meus 19 anos. Viamos poucos, quase como estranhos ate que depois de muito tempo reatamos nossa realação de pai e filha, mas é muito estranho o ver assim . Hoje sou casada, porém não há uma sá homem que me toque que não imagine ser ele. Um amigo dele disse que ele também ainda é louco por mim, porém fica com medo de tomar a iniciativa . Sei que se nás voltarmos vai ser pra ficarmos pra sempre . Eu o amo muito, o desejo muito, quero estar com ele . e me arrependo de ter sido fraca e não ter trasado com ele. Ele foi o primeiro homem que tocou em mim, inclusive tirou minha virgindade com o dedo . Fico ansiosa pra ele disser vem .. E se por acaso ele ler esse conto espero que entenda que esta é a nossa estoria e que hoje estou pronta para ser para sempre a mulher dele, porque ele é o homem da minha vida e por ele eu largo tudo, tudo mesmo .!

Escrevam-me [email protected]

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


pornô de Juazeiro meninas gostosinhas na realidade lado da cidade de Juazeiro da BahiaContos gays de cinta liga e fio dentalmamando no genro contosa filha da minha empregada vive me provocando contoscontos/piroca grossa/dp/porno os caes mais aloprados do mundo gozando em novinhasContos sobre beijos e podolatriaminha filha camila contos eroticoscontos eroticos arrombando a gordaacidentado comi minha sogra contoscontos chupando o pau do tio da crecmeu marido bebeu e meu cunhado me comeucontos betinha vendo irma fodendotravesti delicia de juiz de fora sendo enrabacontos eroticos escravizou minha namoradaPorn contos eroticos escrava gangbang humilhadaminha mulher se exibiu pra váriosContos eroticos comadrecontos eroticos crossdresseres na escolacontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crentecontos comi a japonesa rabuda casadacontos eróticos fudendo a bucetuda de minha clientecontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crentexcontos de familia minha familia w evangelica mas fpmos na praia de nutismocontos eroticos minha mae e meus amigos armandoContos eronicos pai n cuzinho d mininacontos eroticos comi uma mulher casada em uma cidadezinhaconto erótico amamentado leite motoristacontos eróticos minha mãe traindo meu paia esposa mija no pau do cunhadocontos minha mulata foi arronbada e curradameu tio cavalo me arrobou contosConto erotico de lesbica minha madastra helena (parte 1 )contos eroticos estava fudendo a empregada e meu pai pegoucontos eroticos comi minha prima no rodeioconto com prima casadacontos eroticos mulher dopada e fudidacontos arrombei mãecontos de sexo sogrocontos picantes de lambida na chanaincesto fudi a minha mae na casa de swing sem saber que era a minha mae desabafo verdadeMamadas no pau do papai contoseroticoscontos eróticos novinhaconto gay carona rebolei calcinhaarombei o cu da mulher do meu amigo contos eroticos pornocrente veia da cu e choraputa irmão contoconto eu e minha esposa nua na piscinaconto erotico dominou minha mulhergordinho do rabao contos eróticoscontos gay brincadeira de luta comi meu irmãozinhocontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crenteminha namorada exibicionista contos eroticoscontos eróticos minha tia com calça suplexcontos eroticos mamãe apanhandocontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crentetravesti gozando no próprio sutiãContos de sogras velhas crentes rabudas dando o cuas mulher freira depilando o priquito no conventoconto erotico menino dormino de cuequinhaajudei o amigo do meu filho contosrelatos sexo eu e minha filha novinhacontos de corno mansovelha ficado com o vizinha amandousexo com a finha sem ela querer peito e pau grandepapai tirou meu cabaçi videos mobileConto de machos arregacando os buracos da putacontos eroticos dormi na casa da tiacontos eroticos comendo o preciosoContos me enganei era traveco com fotoscontos eróticos mulheres q chega em casa e o marido desconfia porque está arrombada