Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

TRANSEI COM O SÓCIO DO MEU PAI II

Depois de me fazer gozar mais uma vez, eu estava deitada no sofá, ofegante e me recompondo. Mas não tive mito tempo pra isso. Ele me puxo pela cintura me deixando deitada ainda no sofá com a bunda apoiada no braço do sofá e com as pernas quase tocando o chão. Ele separou minhas pernas e entrou entre elas. Me segurou pela cintura e encostou seu pau na minha buceta. Ficava esfregando ela em mim, passava do me cu até meu grelinho me deixando mais excitada. Voltei a gemer, mas dessa vez com sua rola forçando a entrada. Ele enfiava e tirava sá uma parte, mas já me fazia gemer alto, ela era grossa e me abria toda. Minha buceta apertava seu pau que pulsava dentro de mim. Ele deixou uma parte do seu pau em mim, e quando me acostumei com o tamanho e parei de gemer, ele começou a forçar a entrada do restante, foi o momento em que mais senti dor até então. Quanto mais se pau entrava, mais eu contraia a xoxota, o que dificultava ainda mais. Quando ele conseguiu meter tudo o que ele tinha, eu suspirei e me preparei pra ele começar a dar as primeiras estocadas. Cada vez que ele tirava e punha eu sentia uma dor no fundo da buceta. Os movimentos começaram de vagar e foi aumentando até um ritmo máximo, onde e sentia a parte da entrada da minha buceta ardendo muito. Tentei empurra-lo pra ele parar um pouco, fui ai que ele socou seu pau todo, me segurou pelas costas e me tirou do sofá com sua rola enfiada em mim. Ele se sentou comigo no seu colo e me mandou cavalgar nele. Me segurava pelos peitos me mamando enquanto eu pulava no seu colo, minha bunda batia nas suas coxas e suas bolas, na minha buceta. Rebolava na rola dele e ele não conseguia nem mais mamar em mim, estava louco de tesão. Ele me mandou levantar, me queria de outra forma agora.

Me mandou debruçar na mesa de jantar, me disse que hoje eu seria seu prato principal. Me debrucei e abri minhas pernas, comecei rebolar pra provocar ele, que já veio me comer rapidinho. Socou sua rola toda melada da minha buceta de baixo pra cima quase me levantando do chão. Estocava muito forte, a mesa saia do lugar e eu urrava naquela rola maravilhosa, a melhor que tive até hoje. Estava quase gozando mais ma vez. Quando e disse isso a ele, foi ai que ele acelerou mais e com sua mão ele esfregava meu grelinho.minhas pernas começaram ficar bambas e minha buceta contrair, estava gozando mais uma vez. Seu pau ficou mais melado, ele tirava a rola e lambuzou minha bundinha toda, deixo meu cuzinho melado com o liquido que escorria pelas minhas pernas. Ele disse que queria comer meu cuzinho, relutei dizendo que não, que e não aguentava mais, estava toda acabada, com a buceta ardendo e me pai poderia chegar logo. Disse a ele que podia voltar outro dia pra isso, que eu ainda estaria com todas as preguinhas ainda. Ele aceitou a proposta de poder me comer outra vez, mas em troca eu ia levar esporrada na cara e beber ela.

Me deitei no chão, não aguentava mais ficar em pé. Ele veio por cima de mim, enfiou seu pau entre meus peitos e apertou eles. Eu ficava lambendo a cabeça do pau dele enquanto ele fazia uma espanhola. Ele se levantou e me mando sentar pra terminar de chupar se pau. Socou as rola em minha boca de novo me fazendo engolir todinho de novo. Estava quase gozando quando me mandou deitar de novo. Ele se ajoelhou com as pernas sobre meus braços me deixando imável. Apontou seu pau pro meu rosto, eu coloquei a cabeça na boca e ele começo a punhetar bem rápido. Senti o pau dele latejando e os primeiros jatos jorraram. A pressão com que saíram me fizeram engolir, mas e tirei sua rola da boca, e ele continuou pulsando aqueles jatos brancos e quentes por todo o me rosto e cabelo. Eu estava sem poder me mexer pra impedir que ele fizesse isso. Fiquei com o rosto todo cheio de porra. Ele me disse que era um creme de beleza e espalhou com seu pau no meu rosto todo. Não conseguia faze-lo parar. Quando terminou de espalhar tudo me deixando com o rosto e o cabelo todo melado ele se levanto. Me limpei com minha roupa enquanto ele se vestia. Fui para o banheiro pra me limpar, mas quando voltei ele já tinha ido embora. Ele se foi mas me deixo com o cabelo grudando e com a buceta ardendo, mas me sentia realizada e contente.

Ele voltou outro dia, quando meu pai teve que viajar de novo. Ele voltou pra terminar a segunda parte e comer minha bundinha, mas isso eu conto numa outra oportunidade. Leia e votem nesse que depois conto como foi. Beijos...

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


emprestei dinheiro a casada contocontos homes muito bemdotado comeu mia filinha gostosa contosbaixinha de 1m 60 porno boa fodasem piedade nem caridade no cu da putinhacontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crenteconto porno instrutorcontos eroticos arrombando a gordacontos fui arrombada e esporradacontos eroticos sou casada tenho filhos meu marido otavio meu sobrinho parte 3Filha boqueteirá contoseroticoscontos meu amigo dopou minha mulhercontos eroticos de pais esposa e filhas em praia de floripaConto erotico bunda a enteada mas velha.Contos eroticos vizinha ve vizinho de pau durojovenzinha first pornminha mae cavala chifrou meu pai com um novinhocontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crentecomtos eróticos de fazemdeira com animalcomendo a prima linda do cabelo super comprido e muito vadiacontos viciada em analDeixando a novinha laceadamulher de sainha pescandocontos comiminha primaamamentacao adulta porno contospau grande alongado contosmulhe cagando contodando o cu vigem e nao aguenta tica no cuzinho encoxando a gostosa no velorii contoscontos eeroticos peguei minha sogra no flagraCaralhogigantedentrosolas gozadas irma crente contocontos femdom com cela de masmorra,conto meu pai foi cornocontos erótico perdi a virgindade da b***** e do ku com meu patrãoconto sexo loira e o chefe do cornocontos eróticos fudendo na frente do maridocontos eroticos com fotos de mulheres casadas que foi violentada por bem dotadosContos erotiicos traindo mo resguardocomendo a irma debaixo do cobertor. contosChaves enfia o dedo no cu da chikinhacontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crentecontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crentecontos erotico viajando com paiCONTOSPORNO.sapecacontos eroticos gays bem recentes ocorridos no rio de janeirocontos sentando no colo novelameu irmao comeu o cu do meu amigo negrinho contos eroticosContos porno de filha e mae que traem com pau grande e choradilataram minha buceta contosContos eróticos gay de menino de menor idade dando o cuzinho pro professor de reforçoconto gay pirocao imensochaves sotinho ponocontos coroas amigas da mae Contos eroticos neguin e cidacontos esposa rebolou para,amigoaos 60 anos dei a buceta pro menino de 15 contosmunher tira a roupa e faz putaria com sua primacontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crentegai enche a mao no pacotao do travestieu via de pertinho ela chupando corno contoscontos me enganarao e comerao minha mulherConto eroticos zoofilia gays meu cao me traçou no meu quintawww.contos eroticos assaltantes arrombaram minha esposa.comcontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crenteContos er pitao do paiMamaes boqueteiras contoseroticospornobuceta.com/homens so quer saber de mamar em peitoes das safadascontos incestos c estrupos irmao c irma bem dotadoscheguei da escola vi minha p*** s***** dando para o meu tio minha prima piranha s*****Conto erotico dou safadinha e meu primo aproveito de mimcontos eróticos quando eu quebrei o braço minha mãe foi dar banho em mim