Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

CHANTAGEM NA ESCOLA

Ola, esse é meu primeiro conto, sempre li os contos desse site e hj resolvi relatar uma histária que aconteceu comigo a um tempo atrás, bem vamos lá.

Meu nome é Natalia, na época do conto eu tinha 19 anos, 1,64m, 47kg seios medios durinhos e empinados, sempre fui meio bundudinha tambem, e sou bem bonita de rosto, sempre atrai os olhares dos meninos e de homens mais velhos tambem, sempre fui meio safadinha e pra minha idade ja tinha feito varias coisas em termos de sexo, ai começa o meu conto, em uma dessas vezes eu estava ficando com um garoto da minha escola, o Vinicios, nos davamos bem e costumavamos transar com uma certa frequencia, um dia no colegio num momento de muito tesão ele tentou me comer e me levou pra uma sala vazia, adorei a ideia, porem chegando la fiquei com medo de ser flagrada por alguem entao acabei pagando um delicioso boquete pra ele e mais nada, logo nos recompomos e acabamos indo pra casa apos a aula. De noite em casa, abri meus emails e para meu espanto em um deles haviam fotos minhas pagando boquete para Vinicios, com o seguinte titulo "Vcs será minha ou..." fiquei com um misto de medo e raiva, não fazia ideia de quem teria enviado aquilo para mim, mal consegui dormir durante a noite, estava aflita demais. Na manha seguinte me levantei me arrumei e fui para a aula como todos os dias, mas sem tirar o email da minha cabeça nem por um segundo, chegando la fui direto em direção a Vinicios para contar o que estava acontecendo, mas no meio do caminho fui parada por Marcos, que me puxou pelo braço e falou "olhou seu email ontem?" com uma cara de safado que sá ele tinha, com raiva dele respondi que sim, e perguntei o que ele pensava que estava fazendo com muita raiva, ele sem se abalar respondeu "Sei, vc vai ser minha ou todos vão ver vc pagando boquete pra aquele viado do Vinivios", nesse momento falei que ele estava louco, que não faria isso, que jamais seria dele, e ele me lembrou de meus pais e de como seria na escola se todos vissem as fotos, sem saber o que fazer perguntei o que ele exatamente queria, ele me disse pra por uma roupa bem provocante apos a aula e ir pra casa dele. Passei a manha inteira na aula pensando no que faria sem achar uma solução então depois da aula almocei e depois fiz uma produçãozinha pra encontrar com o Marcos na casa dele, pus uma mini saia e uma blusinha bem decotada e fui ate lá, bati a porta e ele me atendeu com cara de safado, me mandou entrar e me comeu com os olhos de cima a baixo, falou que eu estava muito gostosa e que ia amar me fuder, fiquei furiosa e quis ir embora, mas ele me lembrou das fotos e disse que se eu me comportasse bem deletaria elas e eu ficaria livre, comecei a chorar percebendo a minha situação e implorar pra ele me deixar em paz, mas ele riu e me disse que nao tinha como escapar, então sem alternativa acabei aceitando, ele pos uma musica e me mandou dançar e fazer um strip pra ele, sentou-se no sofá e eu comecei, meio sem jeito a dançar, fui tirando a blusa e depois a mini saia, as lagrimas escorriam pelo meu rosto, mas ele não ligava e mandou eu tirar o resto o que fiz continuando o strip para aquele puto safado, tirando primeiro meu sutien e deixando meus seios nus pra ele, ai novamente perei e implorei aos pés dele para que ele parasse, mas ele me deu um tapa no rosto e me mandou continuar, e assim tirei minha calcinha mostrando minha bucetinha com pelos bem aparadinhos para ele, ele me mandou parar em pé na frente dele, levantou-se e feio na minha direção, me olhou de cima a baixo e deu a volta em minha me olhando inteira entao falou no ouvido "vc é bem mais gostosa do que eu imaginei, vou adorar te fuder" eu chorando falei pra ele novamente parar e outra vez levei um tapa no rosto, deixando a marca em minha pele cara, então o safado tirou seu pau de uns 19 cm pra fora e me mandou chupar, e disse "se não mamar gostoso envio as fotos"então me ajoelhei na frente dele e peguei aquela benga e comecei a mamar, no iniciofui sem vontade, mas logo imaginei que se ele gozasse no boquete me liberaria, entao capirchei, lambi ele todo, massageei as bolas, enfiei tudo na boca, como uma verdadeira putinha, mal podia acreditar no que estava acontecendo, ele com o pau duro como pedra ria e gemia com meu boquete, e depois de um tempo me mandou parar, me levandou e disse que eu era uma puta de primeira, me mandou deitar no sofá o que eu logo obedeci, percebendo que não ia ter escapatoria, entao me deitei no sofá e o puto veio por cima de mim, lambeu meus seios, mordiscou os bicos, chupou como louco e logo apos partiu pra minha bucetinha, nossa como ele chupava bem, e apasar de eu nao querer demonstrar fiquei exitada, ele labia, chupava acariciava meu grelo e eu fiquei tao louca que ja gemia alto e me contorcia, ele percebeu e começou a me xingar de puta, de vagabunda que tinha nascido pra dar, eu ja quase gozando aquilo e ja nao me importando mais com nada pedi pra ele me comer, o que ele fez, veio com o pau colocou na entrada da minha bucetinha sem falar nada o puto enfiou tudo de uma vez me fazendo gritar, ele enfiava forte e apertava minhas coxas, me fazendo delirar, bombava como um louco e logo me fez gozar, gozei como ainda não tinha gozado na vida, varias e varias vezes, me fez cavalgar sobre ele o que eu fiz gostoso sobre aquela vara, eu estava adorando e ja nem lembrava mais da chantagem daquele puto, apos um tempo ele me pos de quatro, e me fudeu apertando a minha bunda e me dando tapinhas nela, dizia que eu era uma cadela e que iria comer meu cuzinho, eu novamente fiqui apreenciva, nunca tinha dado o cu, e implorava pra ele não fazer isso, o puto começou a enfiar o dedo no meu cuzinho muito apertado, aquilo doia mas ele não parava de maneira nenhuma, enfiou o primeiro depois o segundo e ficou nessa por um tempo, ate ele parar, ir na cozinha e pegar margarina, eu implorava pra ele não fazer isso, mas ele disse que não se importava e que se eu não desse mandaria as fotos, se poscionou atras de mim e colocou o pau na portinha do meu cu, começou a por devagarinho, eu chorava de dor, ele nem me ouvia, so me chingava e continuava, quando a cabecinha passou ele parou, e disse pronto putinha agora vc vai ser uma vagabunda completa, e então enfiou tudo de uma sá vez, nossa que dor, gritei, e ele continuava, bombava e me chingava, e assim permaneceu por um bom tempo ate que eu começasse a me acostumar e a gostar, depois de um tempo eu ja gemia baixinho e ele percebendo começou a me dizer "viu vadia, vc nasceu pra ser puta mesmo, ta amando levar pica no cu" eu gemia gemia ate que uma hora percebi que ia gozar, um sentimento totalmente diferente, ele bom bava bombava e tambem estava prestes a gozar, o que aconteceu logo depois que eu gozei como nunca, ele gozou e se jogou ao meu lado no sofá por um momento, depois ele se levantou se vestiu e me mandou ir ate a frente do computador com ele onde ele deletou todas as fotos, eu sorri aliviada e ele me disse "Então agora não tenho mais fotos pra enviar para ninguem, vc esta livre a não ser pelo video" eu novamente fiquei branca, palida e gaguejando perguntei que video era esse, então percebi que Paulo estava atras de mim com uma camera na mão e Marcos falou "o video que Paulo filmou de nás escondido, então vc j´sabe esteja aqui amanha depois da aula"









Beijoss a todos

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


querendo dar a bucetinha pro meu padrasto contoscontos de incestos eu estava dançando funk De vestidinho curto e meu pai viu e não aguentou e comeu meu cuzinhocontos eróticos minha buceta pegando fogo i.piscandoconheci a vara do meu padrasto muito novinha contos eroticoszoofilia garota de programa asustada com pauza do cavalo boneicontos eróticos minha mãe me ensinou putinhaprofessora puta fazendo aluno bater uma punheta na frente dela e gozar no chão o marido dela que ensentivou conto eróticocomhendo ass evangelicas contos eroticoscontos primeiro analLora dismaiando no cu no anal em tres minutosEncaixou a pica no meu cu pelo buraco cabinecontos eroticos de cororas de 75com mulher de 33conto erotico arrombei o travesti do baile funkComtos mae e filha fodidas pelos amigos do paienteada novinha conto eroticocontos gays com gémeoscontoseroticos fiz chantagem com minha chefeesposa de corno contos gosta na caraLoira de itanhaem mostrando os peitosmadrinha linda me chupandocontos esposa fodendoConto erótico com foto no interior vizinha peludaconto minha prima ficou cu arebentadocontos erotico comi minha namorada sei camizinharelatos arrombei a amiga da minha irmaconto erotico pastor deseja novinha de pieitos gostos e fartosContos eroticos de travesti pauzao estuprado meninosconto erotico traindo contra a vontade do maridãomovinha gozamdocontos erotico prima mais velhacontos eróticos tomando banhotesao chefecontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crenteconto de sexo casada com estaladorContos eróticos Gay de comi o amigo do meu filhocalcinhas.erroladinhas.no.cuzinhotreinando a cadela para zoofiliacantos eroticos a inda criaca papai comeu meu cuzinhocontos eroticos comendo a neta da minha madrinhacontos eróticos de estupro concedido de estudantesConto erotico despedida de solteira da amiga rabudacontos eroticos flagrei minha mae fudendo com travesticontosputinhascontos eroticos de carona a pai e filhacontos orgia com pobresComtoerotico pequeninacontos de fuder avócontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crentefode a mulher de dono contoconto erotico da mulher de nome cris que gosta de varios cacetes e fez festa pra comemorar o casamentocontos eroticos meteram em mim e fiquei muito abertacontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crenteconto tia gostosa de microcalcinhasó um pouquinho contos Contos Eroticos ROBERTAContos eroticos cofrinho esconde escondecontos eróticos eu inocente meu vizinho me pegou no flagra transandocontos eroticos arrombando a gordaminha namorada exibicionista contos eroticoscontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crenteWww contos d putas casada d juazeiro ba.comsafadas gostando de ser tateadacontos mijou na minha bocacontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crenteconto eróticos c novinhacontos eroticos minha mulher de roupa curta e decotadacontos eroticos arrombando a gordacontos eróticos de mulher ensinando potro f****transo com meu primo de primeiro graucontos minha esposa me ensinou a ser cornocontos eroticos arrombando a gordacontos eroticos com escravas sendo humilhadacontos eróticos sadomasoquismo exttemoContos travestis com mulhermeladas de margarinas em todo corpodominada pela amiga lesbico contos eroticoscontos eroticos minha entinhadinha 10e minha filhinha